Desmascarando seu inconsciente.

Por trás de seus pensamentos, existe muitas verdades nas quais você ainda não se deu conta. - Thiago Urameshi

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O risco do sexto processo de extinção em massa.


Texto que encontrei em um blog chamado http://cienciasvirtual-bio.blogspot.com, muito interessante por sinal.



Nosso planeta presenciou 5 processos de extinção em massa de animais nos últimos 540 milhões de anos, sendo que 75% de todas as espécies animais simplesmente desapareceram nesses 5 eventos.

A revista científica Nature publicou um estudo nessa quarta-feira (02/03) que indica que em 300 anos a Terra passará pelo 6° processo de extinção em massa, só que desta vez o homem será o grande responsável,
devido a destruição dos habitats das espécies, a caça e pesca excessivas, a disseminação de germes e vírus, a introdução de espécies e as mudanças climáticas provocadas pela emissão de gases causadores do efeito estufa.

Há cerca de 500 anos a humanidade começou um movimento de expansão, vindo a colonizar de maneira efetiva novos territórios como as Américas e Oceania, por exemplo. Até o começo dessa expansão a extinção de mamíferos era muito rara, ocorrendo o desaparecimento de duas espécies em média a cada 500 anos. Nos últimos cinco séculos, pelo menos 80 das 5.570 espécies conhecidas de mamíferos foram exterminadas, demonstrando assim o risco que o homem representa a fauna do planeta, isso sem contar as espécies que estão sob risco iminente de desaparecer. Caso essas espécies seja realmente extintas o 6° processo de extinção em massa poderá começar a daqui 3 séculos, e ser concluído em no máximo 22 séculos.

Das 5 extinções em massa já ocorridas, 4 ocorreram em um espaço de tempo de centenas de milhares de anos, e foram ocasionadas por eventos climáticos, como aquecimento e resfriamento global ocorridos de forma natural. A extinção em massa mais rápida registrada ocorreu a 65 milhões de anos, quando um asteróide colidiu com a Terra e exterminou 76% das espécies existentes no planeta, inclusive os dinossauros.

Caso essa nova extinção em massa realmente ocorra os impactos sobre a vida humana serão imensos. A natureza não se recuperará em menos de centenas de milhares ou milhões de anos. É preciso investimentos e leis mais severas no intuito de tentarmos conservar as espécies animais do planeta.

Até hoje são conhecidas e foram descritas pela ciência cerca de 1,9 milhão de espécies, e isso não é nem a metade do que se estima sobre a quantidade de vida na Terra.


Mais uma vez, o texto foi Ctrl+c e Ctrl+v do blog  http://cienciasvirtual-bio.blogspot.com

2 comentários:

A situação é alarmante, de fato. E uma mudança só será possível se as maiores potências do mundo assim quiserem. Esse é verdadeiro apocalipse, provocado unica e exclusivamente pelo homem.

Com certeza, Deus nada tem haver com o verdadeiro apocalipse.

Postar um comentário

Leia antes de comentar

Os comentários serão moderados e liberados após a constatação de que estão de acordo com a regras do Blog (vide a aba 'regras' no topo da página).

Um debate racional é sempre bem vindo, por tanto se deseja criticar algo, faça com que sua critica tenha fundamentos, qualquer trollagem detectada não será aceita.

Todas as perguntas ou debates feitos aqui na caixa de comentários serão respondidos por mim, por tanto não deixe de voltar pra conferir a resposta ou réplica de seu comentário. Tento responder todos em no máximo 24hrs.

Para dúvidas, críticas, elogios ou sugestões visite nossa página de contato (última aba no topo do blog) e mande-nos um recado que eu retornarei assim que possível.