Desmascarando seu inconsciente.

Por trás de seus pensamentos, existe muitas verdades nas quais você ainda não se deu conta. - Thiago Urameshi

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Igreja Católica já está metendo a mão no dinheiro da Copa.



O Santuário Nacional Nossa Senhora da Aparecida, administrado pela Igreja Católica, vai usar R$ 32,5 milhões da linha de financiamento "BNDES ProCopa Turismo" – com baixas taxas de juros – para construir na cidade o hotel “Cidade dos Romeiros”. A primeira parcela será liberada até o final do mês.

O santuário fica a 168 km de São Paulo. Recebe cerca de 10 milhões de visitantes por ano e tem faturamento anual de R$ 100 milhões. É uma empresa, possui CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Tem departamento de novos negócios, marketing, jurídico, segurança etc. Um representante da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos Brasileiros) faz parte do seu conselho de administração.

Antes de o ProCopa ser criado, o santuário já tinha entrado no BNDES com pedido de empréstimo para o hotel, cujo custo total está orçado em R$ 56,6 milhões. Os incentivos pleiteados eram do 'Programa de Incentivo ao Turismo'.

Agora, mesmo não tendo nada a ver com a realização dos jogos da Copa, o pedido da igreja foi incluído no "ProCopa" por causa de suas condições especiais, com menores custos.

O BNDES é abastecido, entre outras fontes, pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e por dotações orçamentárias da União. Trata-se, portanto, de dinheiro de contribuintes de todas as crenças e dos sem qualquer uma delas.

Questionada pelo Uol, a direção do banco tentou justificar a transferência de linha de financiamento com a alegação de que, do total de R$ 1 bilhão do "ProCopa", apenas R$ 438 milhões tinham sido liberados até agora. O banco não informou qual é o valor dos pedidos de financiamento que estão na fila, à espera de aprovação.

Ainda assim, no entendimento do BNDES, o empréstimo concedido à Igreja Católica não estaria disputando o dinheiro do financiamento com empreendimentos que farão parte da infraestrutura da realização da Copa.

Por esse critério, outras denominações religiosas poderão reivindicar o mesmo benefício, e o BNDES, em tese, não poderá negar. 

Fonte: www.paulopes.com.br

É de foder mesmo!
Não da pra saber quem é mais cara de pau, os pastores que roubam o dinheiro diretamente dos fiéis ou esses aí que estão roubando na cara dura dos religiosos e dos não religiosos.

Hipocrisia Off 
 Autor: Thiago Urameshi
"Religião não define caráter"
Obrigado pela visita e volte sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

Leia antes de comentar

Os comentários serão moderados e liberados após a constatação de que estão de acordo com a regras do Blog (vide a aba 'regras' no topo da página).

Um debate racional é sempre bem vindo, por tanto se deseja criticar algo, faça com que sua critica tenha fundamentos, qualquer trollagem detectada não será aceita.

Todas as perguntas ou debates feitos aqui na caixa de comentários serão respondidos por mim, por tanto não deixe de voltar pra conferir a resposta ou réplica de seu comentário. Tento responder todos em no máximo 24hrs.

Para dúvidas, críticas, elogios ou sugestões visite nossa página de contato (última aba no topo do blog) e mande-nos um recado que eu retornarei assim que possível.