Desmascarando seu inconsciente.

Por trás de seus pensamentos, existe muitas verdades nas quais você ainda não se deu conta. - Thiago Urameshi

sábado, 28 de maio de 2011

Design inteligênte e as bananas criadas por Deus - O pesadelo dos ateus.


Este vídeo mostra a capacidade de raciocínio de um criacionista. Por mais que pareça, sua defesa não foi uma piada.


Como alguém tem a capacidade de apresentar uma teoria desta? Como alguém escuta isso, concorda e defende?

E o pior! O tipo de gente que crê neste design inteligente é o que comanda nosso país. Faz nossas leis. Tem o direito de controlar o que você deve pensar ou não.


Deus criou as bananas.. mas quem criou a melância, a jaca, o abacaxi, o coco foi o capeta.

Fora que a banana que ele mostrou é resultado da seleção artificial humana.
As verdadeiras bananas são assim:


Cheia de caroços e nada ergonomica. Morda e quebre os dentes.

Nada além de mais um ponto de vista teológico para se ouvir e dar risada.

Fonte: Vida em Órbita (ctrl+c ctrl+v)


Uma dúvida pessoal minha: Será que esse doido aí do vídeo não come as outras frutas por que são criação do Diabo?
Com certeza come ashushuaashu.... Hipocrisia Cristã rolando solta...

Hipocrisia Off
Autor: Thiago Urameshi
"Religião não define caráter"
Obrigado pela visita e volte sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

Leia antes de comentar

Os comentários serão moderados e liberados após a constatação de que estão de acordo com a regras do Blog (vide a aba 'regras' no topo da página).

Um debate racional é sempre bem vindo, por tanto se deseja criticar algo, faça com que sua critica tenha fundamentos, qualquer trollagem detectada não será aceita.

Todas as perguntas ou debates feitos aqui na caixa de comentários serão respondidos por mim, por tanto não deixe de voltar pra conferir a resposta ou réplica de seu comentário. Tento responder todos em no máximo 24hrs.

Para dúvidas, críticas, elogios ou sugestões visite nossa página de contato (última aba no topo do blog) e mande-nos um recado que eu retornarei assim que possível.