Desmascarando seu inconsciente.

Por trás de seus pensamentos, existe muitas verdades nas quais você ainda não se deu conta. - Thiago Urameshi

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

A nova modinha é ser Ateu


Ola pessoas! Não eu não morri. Estava de mudanças, sem internet, faculdade e com medo de ir ao cyber (os do meu bairro são atolados de vírus). Mas em fim, eu sumi por isso. Espero que aceitem (como sempre) minhas desculpas. :)
Quando entrei no blog dei minha palavra de pelo menos 3 postagens por semana, e eu realmente não estou cumprindo isso. Porem até hoje às 10h23min horas.
Eu acredito que o tema desse post seja essencial para esse ano de 2012. Pois com certeza é para muitos um assunto novo.

“Agora a nova modinha é ser bissexual e ateu.”
Foi essa a frase que me fez pensar que realmente valia a pena fazer um post sobre esse tema.
Eu já escutei muito, e acredito que alguns de vocês também, que ser ateu agora é moda. E isso não me despertava a vontade de um questionamento, mas sim de curiosidade. Essa frase foi a que mais se destacou porque nela mesma há a resposta para esse estado de ignorância.

Vamos por partes:
Com a popularização da internet 2.0 as gerações X e Y foram seduzidas por ela. E se pararmos para analisar, a internet é esse segundo mundo onde a liberdade de expressão tem seu império, e ainda melhor que isso: Pode se conquistar esse império de uma forma anônima. O medo de dizer o que pensa já não regia as ações das pessoas.
É claro que ainda hoje existem bissexuais que não se assumiram por algum obstáculo - normalmente esse obstáculo são os pais- assim como para todo tipo de atitude que seja contraria ou apenas diferente do que a sociedade sempre adotou. E o ateísmo não é exceção. Hoje em dia muitos ateus assim como bissexuais, homossexuais, metrossexuais e etc.. Estão “saindo do armário”, e conquistando seu espaço dentro desse mundo da internet e por inércia fora dele. Alguns exemplos claros do que tambem poderia ser chamado de modinha seria os posts de humor que obtém-se na internet quando se falar sobre o passado. Coisas do tipo:

Os usuários de 15 a 18 anos, por exemplo, estão todos os dias dando de cara com novas tecnologias, aplicativos, qualidade de vídeo para HD, jogos que só faltam os personagens sair da TV e brigar sozinhos. Essa rapidez com a atualização e inovação faz com que se esqueça das coisas de infância ou até mesmo coisas que para você é recente, mas na verdade já existe a muito tempo (Como o primeiro filme de Shrek) passem despercebidos, e humoristas usam isso para atingir seus alvos com certa nostalgia. Ou as tiras com memes sobre coisas do dia a dia que ocorrem com todos, mas que quase nunca uma pessoa contou com outra, e na internet de uma forma divertida, ou não, se torna viral. Um exemplo de algo que pode se dizer que também seria uma modinha é essa coisa de Forever Alone. Com usuários navegando diariamente, sempre em redes sociais, checando emails, twitando dentro do taxi ou enquanto assistem vídeos no Youtube e dando risadas a tarde toda atualizando o Tumblr, acaba que entrando em um tipo de sedentarismo. Meninas lêem coisas sobre um casal perfeito na internet e não acham isso na vida real, e meninos vêem fotos de Suicide Girls, mas não as encontram por ae nas ruas, logo é um afeito dominó. Alem de ficarem trancados em um mundo virtual também não conseguem ter o lifestyle com que se deparam sempre que acessam a internet, em muita das vezes esse usuários perdem de fato uma parte da sua vida social fora da internet. E isso faz com que se sintam sempre sozinhos ou esquecidos, ou Forever Alone.
Então nem ateus nem bissexuais (ou humoristas, por exemplo) estão criando uma modinha, isso é apenas o produto de uma serie de fatores que fazem com que pessoas dêem valor em sua liberdade de expressão e escolha. É claro que existem pessoas que de fato acreditam em Deus e por algo que deu errado na sua vida, acham que se dizendo ateus vão fazer um joginho de birra com deus, ou porque acham que ser ateu significa ser o intelectual da sociedade e em alguns casos é um ateísmo dogmático, ao qual pretendo abordar num próximo tema. Mas sabemos que ser ateu não é uma opção para o teísmo, e nunca vai ser. Não há como escolher acreditar ou não em deuses, Você simplesmente não consegue acreditar e ponto.
Os ateus estão se expressando querendo lutar contra um preconceito que em minha opinião esta quase em um nível de preconceito homofóbico. E eu sou prova disso. E o maior meio de divulgar suas idéias é no mundo digital de hoje. Não era normal a pelo menos 5 anos atrás se ouvir ou ver tanto conteúdo ateu na internet, ou “sites de apologéticas ateístas” como me disseram uma vez.
Resumindo: Não se trata de modinha, isso é apenas ateus lutando por um direito de igualdade, afinal não é justo ter até canais de TV de igrejas, mas quando se trata de ateísmo devemos nos conservar calados. Com cada um expondo seu ateísmo acaba encorajando outros, e assim por diante. E com esse grande numero de ateus “aparecendo” acaba que teístas, ou em alguns casos ateus ignorantes, chamem isso de modinha.

Bom, se você foi guerreiro e leu até aqui: PARABÉNS! Com certeza vai haver mais posts, mas fiquem tranquilos, eu não vou sumir de novo. Seus comentários sempre serão bem vindos sendo você ateu, em cima do muro agnóstico ou teísta. Até a próxima.








Hipocrisia Off
"Religião não define caráter"
Obrigado pela visita e volte sempre.

13 comentários:

Cara, muito bacana essa sua postagem. Eu penso da mesma maneira.

exatamente! tb acho q isso se da a fatores logicos...

acesso a informação
liberdade de expressão
anonimato

e por ai vai..

ser besta, um dia cansa...

Tenho um ponto de vista bem parecido com o seu... Inclusive acho que o preconceito contra o ateu é ainda maior que o em relação ao hossexualismo, sei disso e meu filho também sabe... Parabéns pelo texto e continuo torcendo que cada vez mais as pessoas assumam suas posições e principalmente desenvolvam sua tolerância... beijão...

não concordo. acho sim que está ocorrendo uma banalização bizarra de crenças em geral. o verdadeiro fest-food filosófico e científico. o senso comum está agora adotando o ateísmo. as pessoas simplesmente criam uma gerra altamente desnecessária e banal(coisa de religioso). HOPCRISIA ON, no sentido mater da palavra...

Em minha opinião propagar o ateísmo não uma guerra desnecessária e banal. O cérebro humano já esta programado para querer acreditar, então aparecer crenças distintas seria inevitável. Mas as religiões com seus templos e “cabeças” não veio só para a crença, mas também para um poder político. E vem travando o progresso humano. Então só estamos indo atrás de objetivos para mudar um pouco esse cenário, como tendo uma sociedade realmente Laica por exemplo. Como o texto fala, tem sim aqueles que se dizem ateus e querem causar alvoroços. E diretos nos deparamos com briguinhas entre “ateus” e religiosos. E sobre o senso comum estar adotando o ateísmo, acho que você devia pensar em algumas coisas antes de falar.

''Mas as religiões com seus templos e “cabeças” não veio só para a crença, mas também para um poder político. E vem travando o progresso humano.'' parei aqui. o que vc entende de senso comum, filho?

Eu acho que não preciso de senso comum para saber o quanto a religião manipulou muitas coisas na passado e ainda manipula na política. Basta ler sobre historia ou estudar algumas culturas que isso vai estar claro. Eu só espero que se você realmente quiser ter um dialogo aqui, não venha com as mesmas atitudes troll com que vc agil na pagina do Facebook.

Gostei do post.

* só não entendi porque vc riscou a frase , em cima do muro , logo depois escreveu agnostico. ( agnostico não é estar em cima do muro), e sim aquele que não ver motivos para acreditar em divindades, que é o meu caso.

Ola Samuel. Obrigado pelos comentários. Na questão "em cima do muro" eu usei em um sentido um pouco irônico, mas para usar como ancora para um próximo post que pretendo falar apenas do agnosticismo. Hoje eu encontro com pessoas na net ou pessoalmente e essas se dizem agnósticas, mas não é um agnosticismo honestamente intelectual, é de fato um "em cima do muro". Pegando sua frase, agnóstico seria “aquele que não ver motivos para acreditar em divindades”, isso na verdade se refere ao ateísmo em si. Ateus não creem na existência de deuses porque não há motivos/evidencias para isso e no caso do ateísmo crítico se tem até o ataque contra essas divindades. Já a posição agnóstica é aquela que não acredita e nem descrê. Até aqui em cima do muro. O que vai aliviar um pouco esse agnóstico em cima do muro seria qual tipo de agnosticismo ele sem encontra e qual a posição no mesmo.

Os ateus vem sendo rotulados pelos católicos quase como se fossem o diabo em pessoa, quando na verdade a maioria dos criminosos na República das Bananas tem alguma formação cristã.

HÁ, isso é verdade, esse negócio de MEMES virou modinha agora, mas daqui há alguns anos passa assim como todas as modinhas já passaram alguma vez.

HÁ, isso é verdade, esse negócio de MEMES virou modinha agora, mas daqui há alguns anos passa assim como todas as modinhas já passaram alguma vez.

Não sou religioso,não sigo religião alguma,mas devo dizer que esse negócio do cara ser ateu é perfeitamente justificável,mas que um bando de adolescentes está sendo guiado por uma moda típica da sua fase,de ser parte de algo,não por ser REALMENTE ateu!Já fiz um monte de coisas na adolescência que discordo atualmente e acho que,na maioria absoluta desses ateus adolescentes dirão,em caso de perigo mortal:"Ai meu Deus!"

Postar um comentário

Leia antes de comentar

Os comentários serão moderados e liberados após a constatação de que estão de acordo com a regras do Blog (vide a aba 'regras' no topo da página).

Um debate racional é sempre bem vindo, por tanto se deseja criticar algo, faça com que sua critica tenha fundamentos, qualquer trollagem detectada não será aceita.

Todas as perguntas ou debates feitos aqui na caixa de comentários serão respondidos por mim, por tanto não deixe de voltar pra conferir a resposta ou réplica de seu comentário. Tento responder todos em no máximo 24hrs.

Para dúvidas, críticas, elogios ou sugestões visite nossa página de contato (última aba no topo do blog) e mande-nos um recado que eu retornarei assim que possível.